Exames gestacionais: entenda quais são e quando devem ser realizados

Exames gestacionais: entenda quais são e quando devem ser realizados

Os exames gestacionais são exames realizados ao longo de toda a gravidez com objetivo de acompanhar o desenvolvimento e a saúde do bebê, bem como da futura mãe. Dessa forma, as avaliações são feitas durante o pré-natal, para identificar se está tudo correndo como o esperado, se há alterações relacionadas ao bebê, ou riscos para a gestação.

Neste sentido, durante os 9 meses de gravidez, o obstetra solicita diferentes exames físicos, laboratoriais e de imagem para verificar de perto toda evolução desta incrível jornada que é gerar um filho. Além disso, os cuidados do pré-natal visam garantir que mãe e bebê cheguem com saúde e segurança ao momento do parto.

Vale esclarecer que os exames gestacionais, realizados pelas mulheres que já estão grávidas, muitas vezes são confundidos com os exames pré-gestacionais. Também chamados de exames pré-concepcionais, esses testes são solicitados pelo médico para as pessoas que estão se preparando para a gravidez. Desta forma, as mulheres que estão planejando engravidar devem procurar um especialista que vai orientar sobre os cuidados e exames indicados para uma gestação saudável e segura.

Estou grávida, e agora? Que exames gestacionais devo fazer?

Assim que a mulher desconfia ou já tem certeza de que está grávida, o indicado é que procure um médico, o quanto antes, para receber as primeiras orientações e começar logo o pré-natal. Neste sentido, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a gestante deve realizar pelo menos oito consultas de pré-natal, para que haja acompanhamento adequado de cada fase da gestação.

De qualquer forma, o número de consultas depende da conduta de cada médico, e também da realidade de cada gestação. Em geral, a paciente é orientada a visitar o obstetra mensalmente, até o sétimo mês de gravidez. No oitavo, o ideal é consultar o especialista a cada quinzena, e no nono e último mês, as consultas passam a ser semanais.

Neste sentido, em cada consulta, o médico realiza exames clínicos e avalia o peso da gestante, a pressão arterial e a circunferência abdominal. Além disso, ele indica alguns exames gestacionais, como de sangue, de urina, ginecológicos e ultrassonografias para detectar se há problemas ou doenças que podem afetar a criança ou o seu desenvolvimento no útero .

Em cada encontro, o médico faz uma avaliação geral da gestação:

Cada trimestre da gestação requer exames gestacionais específicos, mas, dependendo do caso de cada gestante, de acordo com a sua idade e saúde, o obstetra pode solicitar também outras avaliações complementares.

Quais exames gestacionais são solicitados no 1º trimestre da gravidez?

Os exames gestacionais do primeiro trimestre de gravidez devem ser feitos até a 13ª semana de gestação. Neste sentido, eles são importantes para avaliar a saúde da gestante, o risco da mãe passar algumas doenças para o bebê, e também servem para identificar malformações e possíveis riscos de aborto espontâneo.

Além disso, é importante lembrar que, em cada consulta, são realizados exames físicos que medem o peso da mãe, a altura uterina (para acompanhar o crescimento do feto a pressão arterial (para avaliar o risco de eclâmpsia ), além de escutar o coração do bebê.

Veja quais são os exames gestacionais do primeiro semestre:

EXAMES DE SANGUE

Os exames de sangue são exames realizados em laboratório e que ajudam a detectar possíveis sinais de inflamações, infecções e outras informações importantes para assegurar a saúde da mãe e do bebê. 

EXAMES DE URINA

O exame de urina é um teste laboratorial que analisa, de forma microscópica, as células, bactérias e cristais eventualmente presentes na urina . É um procedimento indolor e de fácil coleta que fornece informações sobre doenças como infecções urinárias, problemas nos rins, entre outros.

EXAMES DE FEZES

O exame de fezes é um exames de rotina muito comum . A partir de uma pequena amostra coletada pelo paciente, o laboratório pode identificar possíveis microrganismos e outras anomalias causadora de doenças.

EXAMES DE ULTRASSOM

O ultrassom é um exame de imagem muito importante para o acompanhamento da gestante e do bebê. Com este aparelho é possível identificar malformações, anomalias no feto, doenças congênitas, entre várias outras condições.

EXAMES GINECOLÓGICOS

Os exames ginecológicos fazem parte da rotina de todas as mulheres e tem como objetivo a prevenção ou detecção precoce de doenças pré existente nas mães, ou que podem surgir durante a gravidez .

Quais exames gestacionais são solicitados no 2º trimestre da gravidez?

Os exames gestacionais do segundo trimestre da gravidez, ou seja, aqueles que são realizados entre a 13ª 24ª semanas, dão continuidade aos cuidados do pré-natal. Assim, mesmo que essa fase seja considerada mais tranquila, quando os enjoos e mal-estar já diminuíram, bem como o risco de aborto espontâneo, ainda é preciso acompanhar o desenvolvimento e a saúde do bebê e da gestante. 

Neste sentido, diferente do que acontece no início da gestação, quando o acompanhamento médico é mais focado na saúde da futura mãe, os exames realizados no segundo trimestre são mais direcionados para acompanhar o crescimento do bebê. São eles:

EXAMES CLÍNICOS:

Os exames clínicos são exames realizados pelo obstetra em todas as consultas do pré natal para avaliar as condições físicas da mulher grávida e acompanhar o desenvolvimento do feto. 

EXAMES DE SANGUE: 

No segundo trimestre, são repetidas algumas sorologias já realizadas no início da gestação, como:

EXAMES DE URINA E FEZES:

Esses exames também são repetidos para descartar possíveis infecções, inclusive Dsts.

EXAMES DE ULTRASSOM:

Exame inofensivo para mães e bebês, a ultrassonografia também está presente no segundo trimestre da gravidez . Neste sentido, o exame é fundamental para acompanhar a formação do bebê, seu ritmo de crescimento, e outros pontos importantes para chegar com saúde até o parto.

EXAMES GINECOLÓGICOS:

Os exames ginecológicos também fazem parte dos exames realizados no segundo trimestre de gestação. Neste sentido é possível acompanhar o surgimento de alguma doenças que possa afetar a saúde da mãe, do bebê ou colocar a gravidez em risco.

Quais exames gestacionais são solicitados no 3º trimestre da gravidez?

Os exames gestacionais do terceiro trimestre, que compreende da 27ª semana de gestação até o nascimento, tem como objetivo avaliar o desenvolvimento do bebê para se certificar de que não haverá problemas durante o parto. 

Nesta última etapa da gravidez, é quando o bebê cresce e engorda mais. Neste sentido, as consultas com o obstetra são mais focadas na preparação para o parto e no acompanhamento do bebê, já que as estruturas mais importantes já estão todas formadas.

Veja os exames gestacionais que devem ser realizados na última fase da gestação, bem como alguns que já foram feitos nos trimestres anteriores e que podem ser repetidos. 

EXAMES CLÍNICOS:

No segundo trimestre, os exames clínicos continuam sendo muito importantes para acompanhamento das gestantes e dos bebês. O médico verifica as condições físicas da grávida e avalia o desenvolvimento do nenê. 

EXAMES DE SANGUE: 

No terceiro trimestre, são repetidos alguns exames já realizados.

EXAMES DE ULTRASSOM:

Também chamado de ultrassonografia ou ecografia, o exame de ultrassom usa ondas de som de alta frequência e produz imagens muito nítidas do bebê, da placenta, do próprio útero e de outros órgãos. No terceiro trimestre da gravidez, permite ao obstetra acompanhar bem de perto a evolução e a saúde do bebê.

EXAMES GINECOLÓGICOS:

Os exames ginecológicos também fazem parte do último trimestre da gravidez. De carácter preventivo, avalia possíveis infecções que podem prejudicar o bebê. 

CARDIOGRAFIA:

Realizada após as 32 semanas de gravidez, a cardiotocografia é feita para avaliar os batimentos cardíacos e os movimentos do bebê. Nesse sentido, cintos elásticos com sensores são colocados na barriga, monitorando os batimentos cardíacos do bebê e a intensidade e frequência das contrações do útero. Esse exame é muito utilizado durante o trabalho de parto, para avaliar o bem-estar do bebê enquanto o nascimento não aconte. 

Quais exames gestacionais são solicitados para gravidez de risco?

Já sabemos a importância do pré-natal e quais exames gestacionais são solicitados em cada um dos trimestres de uma gravidez normal. Porém, cada gestação é única e alguns fatores relacionados à mãe ou ao bebê podem torná-la uma gravidez de risco. 

Neste sentido, algumas grávidas podem necessitar de cuidados extras e exames gestacionais adicionais para garantir sua saúde e a do seu filho.

Para os médicos, a gravidez de risco pode ocorrer quando existem doenças maternas prévias à gestação, antecedentes de intercorrência em gestação anterior, ou condições obstétricas de risco para a gestação atual. Além disso, engloba qualquer aspecto que fuja do curso normal de uma gravidez típica, em uma mulher que não apresente nenhum problema prévio de saúde e que ponha em risco a saúde da mãe ou do bebê. 

Fatores que elevam o risco de uma gravidez:

Nenhuma mulher escolhe ter uma gravidez de risco, e muitas vezes esse risco é consequência de fatores alheios à vontade ou controle da mãe. Porém, dependendo do caso, alguns fatores podem ser evitados ou tratados, deixando a gravidez o mais saudável possível.

Quadro demonstrativo de fatores a serem evitados ou tratados para deixar a gravidez mais saudável

Quando a gravidez é considerada de risco, ou de alto risco alto, o acompanhamento é feito de forma mais frequente com a realização de exames gestacionais mais específicos, como:

RESUMINDO: EXAMES GESTACIONAIS DO PRÉ-NATAL

Resumo dos exames gestacionais do pré natal

Exames gestacionais X Exames pré- gestacionais: entenda a diferença 

Como já vimos, os exames gestacionais são todos aqueles realizados ao longo dos 9 meses de gravidez, ou seja, fazem parte do pré-natal das gestantes. Por outro lado, os exames pré-gestacionais, também chamados de pré-concepcionais, são exames destinados às mulheres que planejam engravidar e querem estar preparadas para uma gravidez saudável.

Para as futuras mamães, o primeiro passo é buscar um especialista e realizar a consulta pré-concepcional. Desta forma, o médico faz uma avaliação completa para conhecer o histórico clínico, ginecológico e obstétrico da paciente. Além disso, ele já realiza exames físicos e solicita os exames laboratoriais.

Conheça os exames realizados antes da gravidez:

Histórico Clínico:

Serve para identificar e tratar possíveis doenças prévias, como diabetes e hipertensão arterial, que afetam o desenvolvimento do futuro bebê, bem como a saúde da mãe. Importante também para orientação sobre hábitos de vida, como tabagismo e alcoolismo, que prejudicam uma gravidez.

Histórico Ginecológico e Obstétrico:

Para verificar a ocorrência de gestações anteriores, intervalo entre elas, partos e possíveis intercorrências, como abortamento e pré-eclâmpsia.

Exame Físico:

Avalia a pressão arterial, o peso e a altura da paciente. Além disso, serve de base para uma orientação nutricional adequada e informações sobre hábitos saudáveis que devem ser cultivados, como manter uma atividade física regular.

Exames Laboratoriais: 

Como ponto de partida o médico solicita:

  1. Hemograma
  2. Glicemia 
  3. Função da Tireóide 
  4. Sorologias infecciosas 
  5. HIV 
  6. Hepatites B e C: com sorologia negativa para B, indica-se tomar a vacina antes da gravidez
  7. Rubéola: se sorologia for negativa, há indicação vacinação prévia à gravidez
  8. Sífilis

Com testes negativos de HIV, hepatites B e C e sífilis, a paciente é orientada sobre os cuidados preventivos. Se os resultados forem positivos, ela deve ser esclarecida acerca dos tratamentos disponíveis para reduzir o risco de transmissão vertical (para o recém-nascido), além de ser aconselhada sobre a importância do diagnóstico e tratamento do parceiro.

Se você já está planejando ter um filho, e quer se preparar para este grande momento, veja algumas dicas da Nilo Frantz Medicina Reprodutiva para quem quer engravidar:

Autor: nilofrantz
Publicado há 3 meses

mail_outline
A gente notifica você sempre que tivermos novidades. Deixe seu nome e e-mail.