Rosa Silvestrim, nutricionista do Centro de Reprodução Humana Nilo Frantz chama à atenção sobre a influência dos hábitos de vida das pessoas na saúde reprodutiva do casal. Segundo a profissional, a nutrição pode afetar os gametas femininos e masculinos, o desenvolvimento da capacidade do embrião e até mesmo durante a gestação.

“Os hábitos alimentares são fundamentais na produção de bons oócitos (óvulos) e bons espermatozóides, para que resulte também num embrião de boa qualidade e que gere um filho saudável. A nutrição tem um papel fundamental para potencializar a fertilidade espontânea e também nos tratamentos de reprodução assistida”, comentou a especialista.

A nutricionista explica que fatores nutricionais, como as vitaminas, minerais e compostos bioativos das frutas e hortaliças, por exemplo, são capazes de modular os mecanismos epigenéticos na formação do embrião.

Os casais com problemas para engravidar são muito beneficiados quando fazem uso diário de alimentos potencialmente anti-inflamatários e antioxidantes como as frutas (principalmente as vermelhas como mirtilo, amora, framboesa, morango, romã), verduras, legumes e cúrcuma como condimento. São recomendados também hidratação com água e uso de cereais integrais, como a quinoa, aveia, amaranto, em pequena quantidade.

Outra dica é retirar da dieta alimentos com alto índice glicêmico, como as farinhas refinadas, pães brancos, biscoitos, barras de cereais, iogurtes com açúcar, doces, sucos e refrigerantes, que geram processos inflamatórios e alterações metabólicas, que interferem na qualidade dos gametas e no crescimento do endométrio, onde o embrião se fixa e a gestação se desenvolve.
Outro cuidado muito importante é não usar líquidos quentes em copos plásticos ou de isopor. Para aquecer ou congelar alimentos, deve-se usar somente recipiente de vidro porque as toxinas dos plásticos, como o bisfenol A, interferem no funcionamento hormonal, assim como os produtos à base de soja.

O Centro de Reprodução Humana Nilo Frantz comprova que as orientações da nutricionista trazem resultados animadores. Casais
com infertilidade, tentando engravidar há anos, tiveram sua fertilidade potencializada com os devidos cuidados alimentares.